[ESTREIA] Metamito – Pandora

Pandora é uma viagem à mitologia tão real de Metamito.

Metamito com microfone

Muita música tem sido escrita durante este processo estranho em que nos encontramos. Sem saírmos, ou no dever de não saírmos de casa. Evitar o contexto social e permanecer focado em fazer coisas novas tem sido o novo modo de vida para muitos músicos e creativos. Talvez se possa dizer que o mesmo tem acontecido com António Miguel, e o seu bonito projecto Metamito.

Aqui na Where the Music Meets somos fãs de Metamito há algum tempo. É na contemplação de uma guitarra sempre evidente e na capacidade de deambular tão facilmente pelo dream pop como pelo indie rock, que reside a sua sonoridade. Mas é também muito mais que isso. É no seu processo creativo e na forma como nos consegue surpreender que está provavelmente a natura do nosso amor pela sua música.

No passado dia 22 de Maio, Metamito lançou Pandora. Desde que ouvimos este novo single que imediatamente fomos recordados do tipo de sonoridade que encontramos em bandas já tão clássicas como Tame Impala. Mas essa parecença é só uma naturalidade. Tal como é natural a forma como Pandora se extrapola para lá do previsível na sua constante evolução, ancorada ainda assim numa bonita constante de guitarra que se torna tão fácil de cantarolar. Reside também em Pandora aquela sensação impressível da tão famosa caixa de surpresas que relacionamos com o nome. Tudo isto encabeçado por uma bonita poesia lírica que servirá também de auto-crítica a um mundo que vai muitas vezes parecendo estagnado e permanecido em irritações.

Pandora ganha hoje um bonito vídeo totalmente feito em casa durante um periodo de quarentena que já vai demasiado longo. A ideia original é do próprio com co-criação “e paciência” de Isis Gonçalves, a masterização e produção é de Vitor Teixeira. É também um vídeo que serve a cançao de forma perfeita, encarnando muita da quase mitologia que a canção transmite. Assumidamente “no budget” e fazendo uso de adereços e objetos que se tornam tão essenciais durante uma quarentena, esta bonita história em vídeo é mais-que-tudo sonhadora e simbólica.

Mais sobre Metamito:
FacebookInstagramYoutubeSpotify